NOSSA MISSÃO

A Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Palmeira das Missões Ministério de Madureira, tem a missão de fazer a diferença no Reino de Deus em Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul, no Brasil e em outros países do mundo. Pois Nossos objetivos nos levam a sermos uma igreja alicerçada na Palavra de Deus, primando pela salvação das almas, levando o evangelho a toda a criatura, fazendo sempre a vontade de Deus, reconhecendo que o Senhor Jesus Cristo é o Senhor e Salvador de todos nós, para que os homens sejam servos, obedientes e bons dispenseiros da multiforme graça do Senhor. Ministério de Madureira uma igreja feliz! Ministério Anunciação Profética-http://prjoaoamilton.blogspot.com - Contatos: 55.9998.3905, 55.84278599 e 55.9915.8554.

IEADEMMAD

IEADEMMAD
IEADEMMAD

CONAMAD - CONEMAD/RS - CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES - MINISTÉRIO DE MADUREIRA

CONAMAD - CONEMAD/RS - CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES - MINISTÉRIO DE MADUREIRA
NAÇÃO MADUREIRA - MINISTÉRIO DE MADUREIRA - UMA IGREJA FELIZ!

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Conemad/RS Guaíba 22/06.2013

REUNIÃO FRATERNAL DA CONEMAD/GUAÍBA/RS

Estivemos neste final de semana, dia 23 de junho de 2013, sábado, na Reunião Fraternal da CONEMAD/RS, realizada na Assembléia de Deus Ministério de Madureira da cidade de Guaíba/RS, coordenada pelo nosso amado Pastor Noé Vargas, Presidente da CONEMAD/RS, que por volta das 09h30min., abriu aos trabalhos com oração e a Palavra de Deus, que esta contida na Primeira Carta aos Coríntios, capítulo 3, versículo 10.  Em seguida aduziu da importância e da responsabilidade daqueles que pregam e ensinam o ministério da Palavra de Deus, também de como sermos bons obreiros e despenseiros da multiforme graça de Deus. Também referenciou da importância daquele evento, parabenizando ao Pastor Adamis, Presidente da Igreja local, pela organização e da forma carinhosa com que organizou o aludido evento. Nosso Pastor Presidente saudou a todos os ministros presentes e demais Obreiros da Seara do Senhor com uma calorosa e abençoadora saudação. Recebeu a cada Pastor Presidente de Campo do Ministério de Madureira do Rio Grande do Sul, nominalmente. Com um cântico juntamente com a amada igreja, recebeu o povo de Deus presente. Por fim, o nosso Pastor Presidente dirigiu a todos os trabalhos, dando oportunidades aos seus Obreiros e tratando das questões administrativas e disciplinares que lhes foram apresentadas.

Pelo Pastor Moisés dos Santos Lemos, Presidente da Junta conciliadora do Estado do Rio Grande do Sul do Ministério de Madureira, foi versada a Palavra de Deus em Primeira Coríntios capítulo 12, versículos 12-22, falando da importância do Corpo de Cristo, da necessidade que um membro com relação ao outro membro, versando de que aquele membro que aparentemente parece ser mais fraco, Deus o ama e o é necessário no Corpo de Cristo. Versou ainda do comportamento de um bom obreiro e dos compromissos que deve ter com a sua própria palavra e com a Palavra de Deus. Também tratou dos assuntos que lhe foram pautados naquela oportunidade.

A mesa foi composta pelo Pastor Noé Vargas, como Presidente da Reunião da CONEMAD/RS, pelo Pastor Moisés dos Santos Lemos, como Presidente da Junta Conciliadora, sendo os demais membros da mesa: Pastor Paulo Souza, Pastor Alberi Araújo, Pastor Antônio Ivori, Pastor Elizeu da Silva, Pastor Jerônimo Coelho. Estavam presentes os Pastores Samir Saad, Secretário Executivo e o Pastor Clayton, Tesoureiro da CONEMAD/RS. Além dos amados pastores citados, estavam representações de Obreiros de quase todos os campos de Madureira do Rio Grande do Sul.

Esteve abençoando ao evento, pela primeira vez no Rio Grande do Sul, o Pastor Amós Batista, do Distrito Federal, do Campo do Gama, que pela parte da tarde, trouxe uma mensagem pastoral, referenciando da importância do ministério pastoral e dos inúmeros desafios. No culto noturno, trouxe a mensagem contida na Bíblia Sagrada, no livro das Revelações Apocalípticas, capítulo 21, versículos 1-4, fazendo alusão à vinda de Jesus Cristo, do Arrebatamento da Igreja e de como devemos estar preparados para este tão esperado e maravilhoso evento.

Gostaríamos ainda, de referenciar sobre as nossas Reuniões Fraternais da CONEMAD/RS, da importância dos assuntos levados à pauta e da forma de como foram tratados por nossos pastores. Ouvimos notícias da última Assembléia Geral Extraordinária da CONAMAD, realizada no Campo de Brás no Estado de São Paulo, pelo nosso Pastor Presidente Noé Vargas e demais pastores que se fizeram presentes naquele grandioso evento de nível nacional. Pelo que foi referenciado, soubemos que infelizmente foram poucos ministros presentes naquela reunião, o que fez com que viéssemos a sentir em nossos corações a necessidade de haver mais união e participação de todos, de demonstrarmos unidade e força, quando de nossa representação naquela AGE, a qual portanto, foi um tanto quanto acanhada, o que fez com que houvesse um apelo de nosso Pastor Presidente, e dos demais Pastores que lá estiveram, para que no próximo ano a representação de nosso Estado seja com a participação de muitos outros Pastores e demais Obreiros. Além desses assuntos, tivemos a honra de conhecer outros Pastores e Obreiros do Estado do Rio Grande do Sul, os quais estão como nós, empenhados nos trabalhos do Reino de Deus através do Ministério de Madureira, desbravando cidades e interior, levando a Palavra de Deus até dos confins do solo gaúcho.

Por fim, parabenizamos ao Pastor Adamis e a sua amada esposa, Pastora Janete, e também aos demais Obreiros daquela tão amada Igreja, pela recepção, organização e carinho com que todos nós fomos tratados. Ao nosso amado Pastor Presidente da CONEMAD/RS, Pastor Noé Vargas, nossos agradecimentos e reconhecimento de sua tão grande capacidade de administrar e de cuidar de nosso ministério e também de nossas vidas. Ao Senhor Jesus Cristo, Autor e Consumador da Fé, a Ele toda a honra e toda glória e louvor. Ao Eterno e Soberano Deus, Criador de todas às coisas e ao Seu Santo Espírito, que dirigiu poderosamente nossa Reunião Fraternal, se manifestando poderosamente em nossas vidas, nosso muito obrigado por tantas maravilhas. (a) Pastor João Amilton, Presidente do Campo de Palmeira das Missões.


A seguir alguns momentos fotografados de nossa reunião:

MINISTÉRIO DE MADUREIRA - UMA IGREJA FELIZ!
PALMEIRA DAS MISSÕES

terça-feira, 11 de junho de 2013

Dia do Pastor - 09.06.2013

Culto da Família - Dia do Pastor

Como já sabemos, não consta oficialmente no calendário de datas comemorativas do país, o Dia do Pastor, mas o segundo domingo do mês de junho foi escolhido para comemorar o Dia do Pastor.

Sabemos que muitos almejam ser pastor evangélico por causa do chamado de Deus ou por causa do testemunho de alguns homens. Muitos são pastores que vivem confortavelmente com o dinheiro doado pelos fiéis, há até alguns líderes religiosos que ficaram milionários, adquiriram fortunas, aviões e tudo se dedicando ao que chamam de "obra de Deus", mas há outros, que como nós, trabalham para viver, mas por amor, fazem a Obra de Deus.

Na Bíblia encontramos a função do pastor que nada mais é, do que cuidar das ovelhas do rebanho de Jesus Cristo. Pastor pastoreia o rebanho de Deus que está aos seus cuidados. Precisamos saber que ser pastor não por obrigação, mas de livre vontade, e por atender ao chamado de Deus. O Pastor não deverá fazer a Obra de Deus por ganância, mas com o desejo de servir, conforme narra a Palavra de Deus: "Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por torpe ganância, mas de boa vontade” (1 Pedro 5:2). Isso quer dizer que como servos de Deus, os verdadeiros pastores mostrarão a sua preocupação com a vontade do Senhor, fazendo e ensinando o que Ele diz e não fazendo o que lhe interessa segundo a sua própria vontade. Cabe ressaltar que há muitas pessoas honestas e dispostas a servirem ao Senhor Jesus. E durante décadas o ensino religioso vem sendo considerado muito importante para a sociedade. Salientamos que ainda que a filosofia cristã aponta a religião como uma necessidade moral, um dever a cumprir, e quando não cumprimos achamos que estamos em falta conosco mesmo, mas é uma necessidade subjetiva, mas é o proceder de um ser religioso, mas que incondicionalmente, todos devemos buscar os nortes bíblicos, ou a mais pura verdade que é a Palavra de Deus.

Contudo, para aqueles que desejam servir ao Senhor Jesus, devemos entender que o significado do Pastor de Ovelhas, nada mais é do que servir como verdadeiro servo ao Senhor Jesus, seguindo fielmente o Seu exemplo Pastoral, o qual é o Sumo-Pastor, o Pastor de todas as ovelhas. Vejamos a seguinte passagem: "Depois de terem almoçado, perguntou Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-me mais do que estes? Ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Ele lhe disse: Apascenta os meus cordeiros. Segunda vez perguntou-lhe Jesus: Simão, filho de João, amas-me? Ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Ele lhe disse: Pastoreia as minhas ovelhas. Terceira vez perguntou-lhe Jesus: Simão, filho de João, amas-me? Pedro entristeceu-se por ele lhe ter perguntado pela terceira vez: Amas-me? Respondeu-lhe ele: Senhor, tu conheces todas as coisas, tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta as minhas ovelhas" (João 21:15-17).

Queremos parabenizar a todos os Pastores Evangélicos desta tão grande nação, por seu empenho no cuidar das almas do povo de Deus. A todos os Pastores do Rebanho Divino que tem uma tão grande missão de guardar as almas de Cristo Jesus Nosso Senhor, e assim como nós, dedicam suas vidas e seu tempo em cuidar de seus semelhantes como amor, empenho e dedicação.

Aos amados irmãos da Igreja Assembléia de Deus de Palmeira das Missões Ministério de Madureira e do Campo de Palmeira das Missões, nossos agradecimentos pelo amor e dedicação na Obra do Senhor Jesus Cristo, ao Pastor JOÃO AMILTON DE ANUNCIAÇÃO, Pastor Presidente, ao Presbítero ADEMIR ROSA SANTOS, Dirigente da Congregação do Bairro Mutirão, ao Presbítero JORGE MOREIRA e a Missionária CECÍLIA AMARAL MOREIRA, da Congregação de Santo Augusto, à Missionária MARTHA VALÉRIA CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO, Dirigente do Círculo de Oração e aos demais Obreiros e Obreiras que compõem a Diretoria e Rol de Obreiros do Campo de Palmeira das Missões, nosso muito obrigado e que Deus os capacite e abençoe com as mais ricas bênçãos.

Por fim, agradecemos a Diaconisa ROSIMARI OLIVEIRA DA ROCHA, que representando os demais irmãos, em seu discurso parabenizou e homenageou aos Obreiros pelo Dia do Pastor, dando aos Obreiros da Sede um mimo demonstrando o carinho pelos Obreiros da Seara do Senhor. O Culto da Família deste domingo último, do Dia do Pastor, foi um dia muito especial para todos nós, através dos louvores, das orações e da ministração da Palavra de Deus pelo Presbítero JAIRO CELSO DA FONSECA SOARES. Após todos os irmãos confraternizaram com um jantar muito apetitoso.

Fotos do Culto:

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Uma História de Vitórias - ADMadureira

HISTÓRIA DA ASSEMBLÉIA DE DEUS
MINISTÉRIO DE MADUREIRA

A Assembléia de Deus começa no Brasil por intermédio dos missionários suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg, que aportaram em Belém, capital do Estado do Pará, em 19 de novembro de 1910, vindos dos EUA. A princípio, freqüentaram a Igreja Baptista, denominação a que ambos pertenciam nos Estados Unidos. Eles traziam a doutrina do batismo no Espírito Santo, com a glossolalia — o falar em línguas estranhas — como a evidência inicial da manifestação para os adeptos do movimento. A manifestação do fenômeno já vinha ocorrendo em várias reuniões de oração nos EUA (e também de forma isolada em outros países), principalmente naquelas que eram conduzidas por Charles Fox Parham, mas teve seu apogeu inicial através de um de seus principais discípulos, um pastor negro leigo, chamado William Joseph Seymour, na Rua Azusa, Los Angeles, em 1906.

A nova doutrina trouxe muita divergência. Enquanto um grupo aderiu, outro rejeitou. Assim, em duas assembléias distintas, conforme relatam as atas das sessões, os adeptos do pentecostalismo foram desligados e, em 18 de junho de 1911, juntamente com os missionários estrangeiros, fundaram uma nova igreja e adotaram o nome de Missão de Fé Apostólica, que já era empregado pelo movimento de Los Angeles, mas sem qualquer vínculo administrativo com William Joseph Seymour. A partir de então, passaram a reunir-se na casa de Celina de Albuquerque. Mais tarde, em 18 de Janeiro de 1918 a nova igreja, por sugestão de Gunnar Vingren, passou a chamar-se Assembléia de Deus, em virtude da fundação das Assembléias de Deus nos Estados Unidos, em 1914, em Hot Springs, Arkansas, mas, outra vez, sem qualquer ligação institucional entre ambas as igrejas.
A Assembléia de Deus no Brasil se expandiu pelo Estado do Pará, alcançou o Amazonas, propagou-se para o Nordeste, principalmente entre as camadas mais pobres da população. Chegou ao Sudeste pelos idos de 1922, através de famílias de retirantes do Pará, que se portavam como instrumentos voluntários para estabelecer a nova denominação aonde quer que chegassem. Nesse ano, a igreja teve início no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, e ganhou impulso com a transferência de Gunnar Vingren, de Belém, PA, em 1924, para a então capital da República. Um fato que marcou a igreja naquele período foi a conversão de Paulo Leivas Macalão, filho de um general, através de um folheto de evangelismo. Foi ele o precursor do assim conhecido Ministério de Madureira, como veremos adiante.
A influência sueca teve forte peso na formação assembleiana brasileira, em razão da nacionalidade de seus fundadores, e graças à igreja pentecostal escandinava, principalmente a Igreja Filadélfia de Estocolmo, que, além de ter assumido nos anos seguintes o sustento de Gunnar Vingren e Daniel Berg, enviou outros missionários para dar suporte aos novos membros em seu papel de fazer crescer a nova Igreja. Desde 1930, quando se realizou um concílio da igreja na cidade de Natal, RN, a Assembléia de Deus no Brasil passou a ter autonomia interna, sendo administrada exclusivamente pelos pastores residentes no Brasil, sem, contudo perder os vínculos fraternais com a igreja na Suécia. A partir de 1936 a igreja passou a ter maior colaboração das Assembléias de Deus dos EUA através dos missionários enviados ao país, os quais se envolveram de forma mais direta com a estruturação teológica da denominação.

ORGANIZAÇÃO DENOMINACIONAL
As Assembléias de Deus estão organizadas em forma de árvore, onde cada Ministério é constituído pela Igreja-Sede com suas respectivas filiadas, congregações e pontos de pregação. O sistema de administração é um misto entre o sistema episcopal e o sistema congregacional, onde os assuntos são previamente tratados pelo ministério, com forte influência da liderança pastoral, e depois são levados à Assembléia para serem votados. Os pastores das Assembléias de Deus podem estar ligados a convenções estaduais que, por sua vez, se vinculam a uma Convenção de caráter nacional.

CONAMAD - Convenção das Assembléia de Deus no Brasil - Ministério de Madureira

Desde a década de 1980, por razões administrativas, a Assembléia de Deus brasileira tem passado por várias cisões que deram origem a diversas convenções e ministérios, com administração autônoma, em várias regiões do país. O mais expressivo dos ministérios independentes originários da CGADB é o Ministério de Madureira, cuja igreja já existia desde os idos da década de 1930, fundada pelo pastor Paulo Leivas Macalão e que, em 1958, serviu de base para a estruturação nacional do Ministério por ele presidido, até a sua morte, no final de 1982. O Ministério de Madureira (assim conhecido por ter sua sede no bairro de mesmo nome, no Rio de Janeiro), sob a liderança do Pastor (hoje bispo) Manoel Ferreira, Convenção Nacional das Assembléias de Deus no Brasil — Ministério de Madureira — CONAMAD, fundada em 1988.

Bispo Manoel Ferreira
Presidente da CONAMAD












CONEMAD/RS - Convenção das Assembléia de Deus no Brasil - Ministério de Madureira no
Rio Grande do Sul


Palavra do Presidente:
"E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és Cristo, salva-te a ti mesmo e a nós".

Dois homens foram crucificados com Jesus. Estavam ali, pois haviam praticado o mal. Ao contrário de Jesus, que em nada se havia achado para o feito. Um deles blasfemava de Jesus, mostrando que mesmo estando naquelas condições, não havia se arrependido do que fizera, muito menos havia humildade no seu coração. O sofrimento de estar pregado numa cruz, não mudara o seu interior.
Muitas pessoas que não se convertem pelo amor, tornam-se alvos fáceis das presas do inimigo. O mal tem atuado com perseverança sobre muitas vidas, que mesmo estando ao lado de Jesus (na igreja) não fazem a Sua vontade, assim não O reconhecem como Senhor e Salvador. A pessoa que despreza a humildade torna-se cega a tal ponto, que mesmo estando ao lado de Deus, não o reconhece como tal, logo o seu destino é o lago de fogo e enxofre, onde haverá choro e ranger de dentes por toda a eternidade.
"Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam, mas este nenhum mal fez".
Este outro malfeitor, reconheceu quem estava ali pregado na cruz, e logo, admitiu os seus erros.
"E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu Reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso". (Lc 23.39-43).
Depois de perceber quem estava ao seu lado, e reconhecer os seus erros, agora invoca a misericórdia Dele. Apesar de ter sido um malfeitor por toda a sua vida, abriu o seu coração, e foi salvo.
Não há dúvidas de que não é fácil reconhecer que somos falhos, e entregar-se a Jesus, suplicando o perdão. Só os quebrantados de coração conseguem alcançar a salvação. Jesus espera por você.
"Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus". (Mt 5.3). (conemad/rs.com.br)

Pastor Noé Vargas
Presidente.












Nosso Pastor Presidente da CONEMAD/RS, também preside os Campos Porto Alegre, a capital dos gaúchos, de Três Coroas, cidade da Serra Gaúcha e de Novo Hamburgo, cidade integrante da regiãos calçadista, e também muitas outras igrejas pelo nosso Estado. Há muitos anos na presidencia de nossa Convenção, tem dado um excelente testemunho pastoral e de vida a todos os seus ministros, membros e congregados. É um homem que ama distintamente o Ministério de Madureira, realizando visitas a todos os Campos de trabalho, organizando e dirigindo todas as convenções e participando das principais festas de nossas igrejas pelo Estado e fora também, como suas presenças eficazes em todas as Convenções Nacionais. O Pastor Noé Vargas, é um mestre amado por todos os seus liderados e um grande líder espiritual, homem de resoluta coragem, um ícone entre os assembleianos gaúchos, que suas ações o fazem integrar a história das Assembléias de Deus Ministério de Madureira no Rio Grande do Sul.



NOSSA HISTÓRIA - CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES


HISTÓRICO DO MUNICÍPIO
O municipio de Palmeira das Missões teve a sua emancipação no ano 1874. A sua origem, se deu, pela passagem de tropeiros que levavam o gado do Rio Grande do Sul para os Outros Estados e por extratores de erva mate (planta tipica do rio grande do sul de onde se extrai as folhas para se fazer a erva para o chimarrão bebida tipica ). A a base de sua economia esta baseada na agricultura e no comercio local. Esta localizado a um distância de 374 Km da capital Porto Alegre, conta com uma população de 34.225 habitantes, conforme pesquisa do IBGE. Palmeira das Missões é uma das cidades do Rio Grande do Sul com um índice expressivo de evangélicos de denominações diversas. Palmeira trás na sua história, um marco de guerras, revoluções, de coronelismo, onde muitas pessoas morreram por conta de grandes batalhas que derramaram muito sangue do povo gaúcho, divididos entre Maragatos e Chimangos. Conta a história de que no decorrer da revolução no antigo distrito de Boi Preto, morreram numa embosca e pela degola numa noite, mais de trezentos maragatos. Tudo isso, com certeza ajudou no crescimento do evangelho nesta região do Estado do Rio Grande do Sul, conhecida como Reião Norte. Palmeira tem suas histórias, suas conquistas, suas lutas, mas o grande vitorioso nas batalhas da atualidade é Jesus Cristo, o qual esta no coração da gauchada palmeirense, que não resiste a Sua glória e Seu poder, onde centenas todos os meses em todas as denominações tem se rendido ao Grande General de Guerra, o Senhor dos Senhor e Deus dos Deuses, o nosso Deuse Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo.
HISTÓRIA DA ADMADUREIRA PALMEIRA DAS MISSÕES
A Assembléia de Deus Ministério de Madureira de Palmeira das Missões, começou nos idos dos anos 80, onde vários pastores e obreiros abriram portas de pregação, alcançando almas para Cristo, mas enfrentando muitas dificuldades no crescimento do Ministério de Madureira em nossa município. Alguns obreiros começaram o trabalho, mas em seguida, eram substituídos por outros. Houveram épocas que o trabalho parecia que iria deslanchar, mas as dificuldades pareciam serem maior. Até o ano de 2003, vinha na luta de manter o trabalho do Ministério de Madureira de portas abertas, o então Pastor Dirigente, o Evangelista Plínio Machado Farias, que dos 11 anos anos integrando a igreja, nos últimos 06 anos, vinha na direção dos trabalhos. A congregação estava ligada ao Campo de Santa Maria, presidido por seu atual Presidente, o Pastor José Elizeu da Silva, que fora Presidente da Convenção do Estado e também da Junta Conciliadora.

No final do ano de 2003, a igreja de cidade de Palmeira das Missões, num acordo convencional, foi passada para o Campo de Cruz Alta, presido pelo então Pastor Antônio Carlos Rodrigues dos Santos Campos, que tomou como metas a troca de endereço da igreja, como também a de Pastor Dirigente. A igreja não tinha bens móveís e funcionava na casa do então Pastor Dirigente, na Vila Westphalen. Inicialmente foi designado o Presbítero Jõão dos Santos, oriundo do Ministério de Campinas/GO, que começou as evangelizações em finais de setembro de 2003, não permanecendo muito tempo. No final do mês de dezembro, foi designado o Evangelista Luiz Denilson Cordeiro, para dar prosseguimento aos trabalhos de evangelização. De setembro de 2003 até o dia 24 de janeiro de 2004, a congregação funcionou na Rua Sete de Setembro, 375, apartamento 202, na sala da residência do então Diácono João Amilton de Anunciação.

Aos 24 dias do mês de janeiro de 2004, fora então inaugurada a nova congregação, sob supervisão do Pastor Presidente Antônio Carlos Rodrigues dos Santos Campos, que no culto inauguracional deu posse ao Evangelista Luiz Denilson Cordeiro, como Pastor Dirigente e ao Diácono João Amilton de Anunciação, como Co-pastor e tesoureiro. Desta feita, a igreja estava localizada no centro da cidade, com amplo salão e conforto aos obreiros, membros e congregados, situada na Rua General Osório, nº 210. A congregação funcionou neste endereço até o dia 15 de setembro de 2004, sendo tranferida para a Avenida Independência, 1999, centro da cidade, onde funciona até o dia de hoje. No início do mês de agosto de 2004, mais precisamente no dia 11 daquele mês,  o Evangelista Luiz Denilson Cordeiro, solicita sua saída da direção dos trabalhos e também do ministério de obreiros do Campo Cruz Alta. Depois de alguns dias sem designação de um obreiro para atender aos trabalhos, o então Presbítero João Amilton de Anunciação, foi empossado como Pastor Dirigente da congregação, mais precisamente no dia 17 de agosto de 2004, pelo Pastor Presidente, num culto de quarta-feira. Como medida a ser adotada, transferiu a sede da igreja para a Avenida Independência, 1999, tendo realizado o primeiro culto no dia 19 de setembro de 2004, com boa presença de membros e visitantes. Os antigos membros das congregações anteriores devido as dificuldades sofridas e que o Ministério de Madureira enfrentou, se espraiaram por outras congregações evangélicas. Mas aos poucos o novo Pastor Dirigente foi agregando um novo povo, sendo que na atualidade conta com um bom número de obreiros e obreiras, um prédio próprio, grupo de louvor, círculo de oração, programas de rádio, participações em jornais locais, serviços de internet e tem recebido pastores e missionários de outros continentes, além de pastores e missionários de outras partes do Brasil para vir ministrar em sua congregação.

Em março de 2008, O Pastor Antônio Carlos Rodrigues dos Santos Campos, foi fazer a Obra do Senhor Jesus Cristo, no Estado de Goias, na capital Goiânia, no Ministério Fama do amado Pastor Abigail Carlos de Almeida, segundo Vice-Presidente da CONAMAD, homem de Deus e visionário, o qual tive o prazer e a honra de conhecer e de até recebermos em nossa casa aqui em Palmeira das Missões. O Pastor Antônio Carlos, além de ser o meu pai na fé, é um amigo e orientador, o qual nos deixou e sempre nos causa saudade pelo imenso amor e adminiração que temos por ele e por sua amada família. O Pastor Antônio Carlos é Maranhense e atualmente esta em Madri, na Espanha fazendo a vontade do Criador de todas as coisas. Com a ido do Pastor Antônio Carlos para Goias, assumiu a presidência do Campo de Cruz Alta, o Pastor José Fernandes da Silva, oriundo do Ministério Fama de Goiânia/GO, para cuidar dos trabalhos regionais, incluindo várias cidades e congregações, supervisionando os pastores e obreiros do Campo Cruz Alta, realizando Reuniões Fraternais em todas as cidades e participando das principais festas do Campo. O Pastor Fernandes é mineiro, mas já aprendeu a saborear o melhor dos Pampas, o bom chimarrão ou mate, como muitos assim conhecem essa típica bebida dos gaúchos.

NOSSO MINISTÉRIO
Tudo começou a acontecer na minha vida ministerial, na vida de minha família e dos novos trabalhos de Palmeira das Missões e do Campo Cruz Alta, quando viemos por ordem de Deus, através da voz do Espírito Santo, de uma interpretação de línguas e da revelação de Deus através do Pastor Antônio Carlos Rodrigues dos Santos Campos, na época Presidente do Campo Cruz Alta, no Culto de Santa Ceia, na igreja sede de Cruz Alta, no mês de novembro de 2002, quando então Primeiro Tesoureiro do Campo, que enquanto escrevia a ata das realizações administrativas que ocorrera naquela noite, rapidamente ouvi a voz do Espírito Santo dizendo assim: "Filho meu, eis que te tiro deste lugar e te levarei a um lugar que não esta em teu coração, e lá farás a minha obra e será em Palmeira das Missões". Primeiramente ouvi um chamado, mas não percebi do que estava se tratando, mas quando ouvi pela segunda vez, "fiquei anestesiado". Quando parei de ouvir a voz do Espírito de Deus, o Pastor Antônio Carlos começou a falar em línguas estranhas, foi quando também "interpretei o que se falava", pois vinha a confirmar tudo aquilo que acabara de ouvir do Espírito Santo. Em seguida o Pastor Antônio Carlos parou a pregação, sendo ele um excelente pregador e avivalista, disse ele: Não costume fazer isso, mas Deus me manda dizer o seguinte: "Irmão João onde tu esta meu filho! Eu disse estou aqui. Ele falou: Deus manda te dizer que esta te levando desse lugar, para um novo lugar e lá tu faras a Obra dEle". Eu que já estava anestesiado, me derramei em choro e lágrimas e cumpri a ordenança do Senhor para a minha vida. Como sou funcionário público do Estado do Rio Grande do Sul, exercendo na atualidade minhas funções de Secretário da 14ª Região Policial da Polícia Civil gaúcha, consegui transferência para Palmeira das Missões, me apresentando no dia 23 de dezembro de 2002, mas fixando residência com minha família, no dia 06 de janeiro de 2003. apartir dai, resolvemos falar com o nosso Pastor Antônio Carlos R. S. Campos, então Presidente do Campo das Assembléias de Deus Ministério de Madureira, com sede na cidade de Cruz Alta/RS, que autorizou a iniciarmos os trabalhos de evangelizações, como uma igreja constituída. Assim, passamos a realizar cultos na sala de nosso apartamento, onde alguns dias por semana, reuniamos um bom número de pessoas. O pentecostes falava alto, o que encomodava alguns vizinhos, mas com muito amor e carinho, fomos agregando algumas daquelas almas ao cultos e Deus operava poderasamente. Naquela abençoada sala, até Santa Ceia servimos aos irmãos amados. Em 24 de janeiro de 2004, na Rua General Osório, nº 210, centro, foi inaugurado o Templo, contando com autoridades, pastores, membros e muitos visitantes, sob a direção do então Pastor Presidente. O trabalho foi crescendo e, em 17 de agosto, daquele mesmo ano, assumimos a direção dos trabalhos, como Pastor Dirigente da Congregação de Palmeira das Missões, sendo que naquela época, ainda era Presbítero. Em 15 de setembro de 2004, mudamos o endereço para a Avenida Independência, 1999, centro da cidade, tendo realizado o primeiro culto no novo templo, no dia 19 de setembro, com uma grande festa espiritual. Endereço esse que estamos até hoje. O trabalho do Reino de Deus depois disso veio crescendo dia após dia. Vieram muitas lutas, mas enfrentamos uma a uma e vencemos todas e continuamos lutando e vencendo. Outras sabemos que virão, mas não será diferente, venceremos todas elas. Estamos ganhamos almas para Jesus, mas sabemos que ainda pouco estamos fazendo. As almas alcançadas, hoje são preparadas por Deus, para ganharem mais almas. O crescimento do Reino de Deus é verdadeiro, pois quando jogamos semente em terra boa, germina, cresce, dá uma planta, esta gera frutos, e estes geram outros, dando 30, 60 e 100 por um, como está explicito na parábola do semeador em Mt 13. Contamos atualmente com duas congregações e mais a Sede, corpo de obreiros e obreiras, grupo de louvor muito abençoado, Círculo de Oração denominado de Colunas de Fogo, Escola Bíblica Para Crianças, e cultos quase que diariamente. Muito temos feito, mas sabemos que é muito pouco, pois poderemos e faremos muito mais.

CRIAÇÃO DO CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES
No dia 16 de março de 2013, estivemos na Reunião Fraternal da CONEMAD/RS, na cidade de Parobé/RS, sob a direção do Pastor NOÉ VARGAS, Presidente da CONEMAD/RS, onde recebemos a autorização para a criação do novo Campo de Palmeira das Missões, com agendamento de posse da Presidência e Diretoria, para o dia 06 de abril de 2013.

No dia 06 de abril de 2013, às 19h30min., pelo Pastor Moises dos Santos Lemos, Presidente da Junta Conciliadora e Primeiro Vice Presidente da CONEMAD/RS, foi aberto o Culto de Posse do Pastor João Amilton de Anunciação, como Pastor Presidente do novo Campo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Palmeira das Missões Ministério de Madureira, ocasião em que foi noticiado sobre a ausência do Pastor Noé Vargas, Presidente da CONEMAD/RS, devido a seu estado de saúde. Também se fez presente o Pastor José Fernandes da Silva, Presidente do Campo de Cruz Alta, o qual autorizou o desmembramento da então Congregação de Palmeira das Missões e de Santo Augusto, para a criação do novo Campo. O Pastor José Fernandes da Silva deu um bom testemunho do Pastor João Amilton, versando sobre os trabalhos realizados e o companheirismo durante o período em que estiveram trabalhando juntos no Campo Cruz Alta.

A diretoria teve posse com o Pastor João Amilton, como Presidente do Campo Palmeira das Missões, tendo o Presbítero Ademir Rosa dos Santos e Presbítero Luiz Carlos Pompeu, como primeiro e segundo Vice-Presidentes. Auxiliar Matheus Teixeira e Diaconisa Márcia Regina dos Santos Teixeira, como primeiro e segunda Secretários. Diaconisa Rosimari Oliveira da Rocha e Missionária Martha Valéria Lopes Cabreira de Anunciação, como primeira e segunda Tesoureiras. O Conselho Fiscal foi composto pelo Diácono Sérgio Ronaldo de Freitas da Silva, Auxiliar Plínio Ignácio Mafalda e pelo Auxiliar Abner da Rocha Brizola.

Naquela ocasião foram consagrados novos Obreiros para o novo Campo de Palmeira das Missões, conforme a seguir: Ao Presbitério Jorge Moreira, da Congregação de Santo Augusto. Ao Diaconato: Gustavo Cabreira de Anunciação, Dair Vitória Teixeira, Márcia Regina dos Santos Teixeira, da Sede de Palmeira das Missões. Cecília Teresinha do Amaral Moreira e Fábio Romero da Silva, da Congregação de Santo Augusto. A Auxiliares: Plínio Ignácio Mafalda, Matheus Teixeira, Abner da Rocha Brizola, Luma Oliveira da Rocha, Nadine Oliveira da Rocha, todos da Sede de Palmeira das Missões e Marisa Moreira da Silva, da Congregação de Santo Augusto.

A posse do Pastar Presidente, Pastor João Amilton e Missionária Martha Valéria Lopes Cabreira de Anunciação, foi realizada com muitas lágrimas e alegria juntamente com a igreja, sendo aquele momento de muitas emoções. O novo Campo de Palmeira das Missões tem uma grande missão a cumprir na Região Norte do Estado do Rio Grande do Sul, pois existem cidades aonde o Ministério de Madureira ainda não chegou, dando ao novo Pastor Presidente uma responsabilidade de evangelizar uma região onde o evangelho precisa crescer, pois almas estão sedentas pela Palavra de Deus esperando os irmãos para levarem a mensagem de salvação.

A cidade de Palmeira das Missões e região com certeza ouviram muito falar do Campo de Palmeira das Missões do Ministério de Madureira, porque muitas conquista serão alcançadas, pois um dos grande mandamentos de Jesus Cristo é o “IDE”, e este Campo de trabalho tem esse objetivo, dar crescimento ao número dos salvos conforme nos orienta a Palavra de Deus.

ASSEMBLÉIA DE DEUS DE PALMEIRA DAS MISSÕES MINISTÉRIO DE MADUREIRA
Avenida Independência, 1999, centro, CEP: 98.300-000

UMA IGREJA FELIZ

1ª AGE e Fraternal do Campo de Palmeira das Missões

1ª REUNIÃO FRATERNAL DO CAMPO
AGE - Assembléia Geral Extraordinária

Neste domingo, dia 09 de junho de 2013, às 09h30min., realizamos a 1ª Assembléia Geral Extraordinária - AGE e a 1ª Reunião Fraternal do Campo de Palmeira das Missões que inicialmente, foi proferida uma oração e em seguida, com o Grupo de Louvor, foram entoados dois hinos da Harpa Crista. O Pastor João Amilton de Anunciação, Presidente do Campo, conduziu a reunião, proferindo a leitura da Palavra de Deus, no Livro de Êxodo, no Capítulo 18, do versículo 13 ao versículo 27: “13 No dia seguinte assentou-se Moisés para julgar o povo; e o povo estava em pé junto de Moisés desde a manhã até a tarde. 14 Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, perguntou: Que é isto que tu fazes ao povo? por que te assentas só, permanecendo todo o povo junto de ti desde a manhã até a tarde? 15 Respondeu Moisés a seu sogro: É por que o povo vem a mim para consultar a Deus. 16 Quando eles têm alguma questão, vêm a mim; e eu julgo entre um e outro e lhes declaro os estatutos de Deus e as suas leis. 17 O sogro de Moisés, porém, lhe replicou: Não é bom o que fazes. 18 certamente desfalecerás, assim tu, como este povo que está contigo; porque isto te é pesado demais; tu só não o podes fazer. 19 Ouve agora a minha voz; eu te aconselharei, e seja Deus contigo: sê tu pelo povo diante de Deus, e leva tu as causas a Deus; 20 ensinar-lhes-ás os estatutos e as leis, e lhes mostrarás o caminho em que devem andar, e a obra que devem fazer. 21 Além disto procurarás dentre todo o povo homens de capacidade, tementes a Deus, homens verazes, que aborreçam a avareza, e os porás sobre eles por chefes de mil, chefes de cem, chefes de cinqüenta e chefes de dez; 22 e julguem eles o povo em todo o tempo. Que a ti tragam toda causa grave, mas toda causa pequena eles mesmos a julguem; assim a ti mesmo te aliviarás da carga, e eles a levarão contigo. 23 Se isto fizeres, e Deus to mandar, poderás então subsistir; assim também todo este povo irá em paz para o seu lugar. 24 E Moisés deu ouvidos à voz de seu sogro, e fez tudo quanto este lhe dissera; 25 e escolheu Moisés homens capazes dentre todo o Israel, e os pôs por cabeças sobre o povo: chefes de mil, chefes de cem, chefes de cinqüenta e chefes de dez. 26 Estes, pois, julgaram o povo em todo o tempo; as causas graves eles as trouxeram a Moisés; mas toda causa pequena, julgaram-na eles mesmos. “27 Então despediu Moisés a seu sogro, o qual se foi para a sua terra”.

O Pastor Presidente apregoou a Palavra de Deus baseada no texto acima, convocando aos Obreiros e demais membrazia presente, a trabalhar afincuamente no Obra do Senhor Jesus, salientando de que, em muitas vezes, que aquele que esta do lado de fora, mas que esteja na visão de Cristo, vislumbra as coisas de uma forma diferente e melhor e cujos seus conselhos, mudarão toda a situação daqueles que estavam do lado de dentro, que é o caso de Jetro, sogro de Moises, que Deus o conselho a seu genro de como deveria agir. Moisés aceitou o seu conselho e isso fora aprovado por Deus.

Pelo Diácono Sérgio Ronaldo foi proferida uma oração e ressaltado da importância da primeira reunião do Campo de Palmeira das Missões, de como será delineado os caminhos que se seguirão, pois aduziu de que Deus verdadeiramente, esta no controle de todas as coisas e dos trabalhos de nossa Igreja.

Pela Missionária Cecília Amaral Moreira, da Congregação de Santo Augusto, foi explanado dos trabalhos que estão sendo conduzido naquela cidade, das almas que estão sendo alcançadas e das vitórias que o Senhor Jesus Cristo tem dado a sua casa e família e àquela Congregação. Salientou da importância dos trabalhos que o novo Campo de Palmeira das Missões vem realizando desde sua criação e que os irmãos santoaugustense, estão alegres e servindo a Deus com muito amor. Salientou a ausência do Presbítero Jorge Moreira, seu esposo, o qual estava em visita à familiar que esta enferma no país vizinho, a Argentina, local de suas origens.

O Presbítero Ademir Rosa Santos, Segundo Vice-Presidente, dirigente da Congregação do Bairro Mutirão ressaltou da importância de nossa primeira Reunião Fraternal do Campo de Palmeira das Missões, da Diretoria da Igreja e dos trabalhos que estão se desenvolvendo. Falou acerca das lutas e vitórias da Congregação do Bairro Mutirão, pois precisa muito da ajuda e compreensão dos demais irmãos, para dar crescimento no número de almas naquele lugar.

O Evangelista Jacó da Congregação de Santo Augusto, referenciou da importância de estarmos realizando nossa primeira Reunião de Obreiros do Campo de Palmeira das Missões, da sua alegria de estar ali naquele momento tão especial, proferindo uma oração de bênçãos pelos trabalhos que estavam em desenvolvimento.

O Grupo de Louvor da Sede entoou louvores de adoração com a Diaconisa Márcia Wink Soares e Nadine Oliveira Rocha, fazendo com que cada irmão recebesse o poder de Deus e sentisse o glamour de Sua glória durante a Reunião Fraternal, a qual foi marcada por lágrimas, palmas e muita alegria.

O Presbítero Jairo Soares, da Sede, trouxe um estudo bíblico sobre homilética e hermenêutica para todos os presentes, ressaltando da importância que é buscar o conhecimento da Palavra de Deus, pois é necessário crescermos na graça e no conhecimento das coisas de Deus. Versou sobre a importância daquele momento, de como Deus tem sido bom para conosco e com certeza o Campo de Palmeira das Missões vai crescer muito.

Pelo Presbítero Luiz Carlos Pompeu, Segundo Vice-Presidente do Campo, foi versado da importância e alegria daquele momento ímpar de nossa Igreja, o que com certeza, irá marcar na história do Ministério de Madureira em nossa região, sendo que ao final proferiu uma oração.

Pelo Pastor João Amilton, foi solicitada uma oração por toda a Diretoria do Campo de Palmeira das Missões que se fazia presente naquele ato, para que Deus viesse a dar entendimento e crescimento nas coisas de Deus a cada um, a fim de que o Ministério da Igreja cresça a cada dia e que todos possam ser instrumento de Deus naquele e em muitos outros lugares. A Diaconisa Dair Vitória Teixeira, uma das Obreiras do Campo e do Círculo de Oração da Sede, proferiu a oração.

As aniversariantes da semana, a Segunda Secretária, Diaconisa Márcia Regina dos Santos Teixeira e a Professora da Escola Bíblica Para Crianças, Auxiliar Luma Oliveira da Rocha, receberam oração e as felicitações de todos os presentes.

A Missionária Martha Valéria Lopes Cabreira de Anunciação agradeceu a todos os presentes, falando da importância da primeira Reunião Fraternal do Campo de Palmeira das Missões, fazendo uma oração pelo alimento que seria servido a todos os participantes.

Pelo Pastor Presidente foi encerrada a reunião com a benção apostólica, quando agradeceu a Deus por tudo que esta fazendo, a cada dirigente de Congregação, Obreiros, membros e congregados que estavam presentes.

Pelo Diácono Sérgio Ronaldo de Freitas da Silva, foi proferida uma oração pelo Pastor Presidente e Dirigentes de Congregações presentes, pelo Dia do Pastor.

O 1º Secretário, Auxiliar Matheus Teixeira, fez a elaboração da Ata da Primeira Reunião Fraternal de Obreiros, Assembléia Geral Extraordinária – AGE, do Campo de Palmeira das Missões, conforme agendada ainda no mês de maio de 2013. Ficou acertada de que a próxima AGE do Campo de Palmeira das Missões, será no mês de agosto de 2013, em data a ser definida, conforme a Ata da referida Assembléia Geral Extraordinária.

Após todos foram recepcionados por um delicioso almoço, ao qual agradecemos a Deus e aos irmãos que se empenharam na cozinha, com as iguarias deliciosas que foram servidas e em especial ao amado irmão Dalton Nunes da Rocha, o qual o Senhor Jesus espera ansiosamente e nós também, com certeza, a sua decisão de servir fielmente ao Senhor. Deus o abençoe!

A seguir Fotos da Reunião:

Templo Sede

Templo Sede
Avenida Independência, 1999, Centro, Palmeira das Missões

Congregação Bairro Mutirão

Congregação Bairro Mutirão
Avenida José Firmino Vilande, 274, Bairro Mutirão, Palmeira das Missões

Congregação de Santo Augusto

Congregação de Santo Augusto
Rua Nonô Prates, 43, Bairro Santa Fé, Santo Augusto

Congregação de São Valério do Sul

Congregação de São Valério do Sul
Avenida Ery Lucas, 420, Centro, São Valério do Sul

Congregação de Boa Vista das Missões

Congregação de Boa Vista das Missões
Rua Fortaleza, 260, centro de Boa Vista das Missões

Congregação Frederico Westphalen

Congregação Frederico Westphalen
Rua 137, sn, Bairro Distrito Industrial, Frederico Westphalen, RS

DIRETORIA DO CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES - ANO 2017

CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES - DIRETORIA

PRESIDÊNCIA
Pastor
JOÃO AMILTON DE ANUNCIAÇÃO.

VICE-PRESIDÊNCIA
Primeiro Vice-Presidente, Pastor ADEMIR ROSA DOS SANTOS;
Segundo Vice-Presidente, Pastor JORGE MOREIRA.

SECRETARIA
Primeira Secretária, Diaconisa LUMA OLIVEIRA DA ROCHA TEIXEIRA;
Segundo Secretário, Diácono MATHEUS TEIXEIRA.

TESOURARIA
Primeira Tesoureira, Missionária
ROSIMARI OLIVEIRA DA ROCHA;
Segunda Tesoureira, Missionária
MÁRCIA REGINA DOS SANTOS TEIXEIRA.

CONSELHEIROS FISCAIS
Pastora MARTHA VALÉRIA LOPES CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO;
Evangelista ALISSON DOS SANTOS;
Diácono PAULO ROBERTO DA SILVA MEDEIROS.


CONGREGAÇÕES - PASTORES DIRIGENTES
PALMEIRA DAS MISSÕES - BAIRRO MUTIRÃO
Pastor ADEMIR ROSA DOS SANTOS.

CONGREGAÇÃO DE SANTO AUGUSTO
Evangelista FÁBIO ROMERO DA SILVA.

CONGREGAÇÃO SÃO VALÉRIO DO SUL
Evangelista JACOB VANDERLEI PORTOLAN.

CONGREGAÇÃO DE BOA VISTA DAS MISSÕES
Evangelista SEBASTIÃO IBANÊZ AIRES DA SILVA

CONGREGAÇÃO FREDERICO WESTPHLEN
Pastor em Ofício Presbítero PAULO RENATO PRESTES


CÍRCULO DE ORAÇÃO - OBREIRAS DIRIGENTES
PALMEIRA DAS MISSÕES - SEDE
Dirigente, Missionária MÁRCIA REGINA DOS SANTOS TEIXEIRA;
Missionária ROSIMARI OLIVEIRA DA ROCHA;
Diaconisa HELGA SCHOKAL LENCINA;
Diaconisa CLEUSA DE OLIVEIRA DE MEDEIROS.

CONGREGAÇÃO BAIRRO MUTIRÃO
Dirigente, Diaconisa CRISTINA FERGUTZ DO AMARAL;
Auxiliar, Cooperadora MÁRCIA MENEGAZZO DO AMARAL.

CONGREGAÇÃO SANTO AUGUSTO
Dirigente, Missionária CECÍLIA TEREZINHA DO AMARAL MOREIRA;
Diaconisa EVA DE ALMEIDA JONES.

CONGREGAÇÃO SÃO VALÉRIO DO SUL
Missionária ÂNGELA ROSANE PORTOLAN;
Diaconisa DELOCI DE FÁTIMA DOS SANTOS PEDROSO.

CONGREGAÇÃO BOA VISTA DAS MISSÕES
Dirigente, Diaconisa ADRIANA CAMPANOGARO DA SILVA.

CONGREGAÇÃO FREDERICO WESTPHALEN
Dirigente, Diaconisa MARINES BRIZOLLA PRESTES.

RELAÇÃO DE OBREIROS - 2017

RELAÇÃO DOS OBREIROS DO CAMPO - 2017

Relação dos Obreiros e Obreiras para o ano de 2017, da Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Palmeira das Missões Ministério de Madureira, sito na Avenida Independência, 1999, centro da cidade de Palmeira das Missões, CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES, conforme a seguir relacionados:­

001 - PALMEIRA DAS MISSÕES – SEDE:

Pastor Presidente JOÃO AMILTON DE ANUNCIAÇÃO,

Pastora MARTHA VALÉRIA LOPES CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO,

Evangelista ALISSON DOS SANTOS,

Missionária ROSIMARI OLIVEIRA DA ROCHA,

Missionária MÁRCIA REGINA DOS SANTOS TEIXEIRA,

Presbítero ABEL MARTINS MATTOS,

Presbítero MOISÉS MENDES BATALHA,

Diácono PAULO ROBERTO DA SILVA MEDEIROS,

Diácono GUSTAVO CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO,

Diácono MATHEUS TEIXEIRA,

Diácono JOEL DA SILVA OLIVEIRA

Diaconisa DAIR VITÓRIA TEIXEIRA,

Diaconisa LUMA OLIVEIRA DA ROCHA TEIXEIRA,

Diaconisa HELGA SCHOKAL LENCINA,

Diaconisa TATIANE OLIVEIRA DOS SANTOS,

Diaconisa ODILA STEPHANINI BATALHA,

Diaconisa CLEUSA DE OLIVEIRA MEDEIROS,

Diaconisa OLINTA ROZANI NIEDERAUER GUTLER,

Diaconisa NADINE OLIVEIRA DA ROCHA,

Cooperador GUILHERME CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO,

Cooperador GABRIEL CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO,

Cooperador MURILO OLIVEIRA DA ROCHA,

ELCY MULLER FRANCO.

002 - PALMEIRA DAS MISSÕES – BAIRRO MUTIRÃO:

Pastor ADEMIR ROSA DOS SANTOS,

Missionária ELISÂNGELA DO NASCIMENTO DOS SANTOS,

Presbítero EVANDRO DA SILVA AMARAL,

Diaconisa CRISTINA FERGUTZ DO AMARAL,

Cooperadora MARCIA MENEGAZZO DO AMARAL.

003 - SANTO AUGUSTO - CONGREGAÇÃO

Pastor JORGE MOREIRA,

Missionária CECÍLIA TERESINHA DO AMARAL MOREIRA,

Evangelista FÁBIO ROMERO DA SILVA,

Evangelista GILMAR KOWALSKI,

Presbítero VILSON PICCO,

Diácono MENDES MARTINS COIMBRA,

Diácono VIVALDO ANDRÉ DAMIÃO,

Diaconisa MARISA CRISTINA MOREIRA DA SILVA,

Diaconisa ROSIMARI CAMARGO PICCO,

Diaconisa NEUSA ROSANE CAVALHEIRO,

Diaconisa TEREZINHA KOWALSKI,

Cooperador GERSON DOMINGOS ALBINO MANOEL.

004 - SÃO VALÉRIO DO SUL - CONGREGAÇÃO

Evangelista JACOB VANDERLEI PORTOLAN,

Missionária ÂNGELA ROSANE PORTOLAN,

Presbítero EVANDRO PEDROSO,

Diaconisa DELOCI DE FÁTIMA DOS SANTOS PEDROSO.

005- BOA VISTA DAS MISSÕES - CONGREGAÇÃO

Evangelista SEBASTIÃO IBANÊZ AIRES DA SILVA,

Diaconisa ADRIANA CAMPANOGARO AIRES DA SILVA.

006 - FREDERICO WESTPHALEN - CONGREGAÇÃO

Presbítero PAULO RENATO PRESTES,

Diaconisa MARINÊS DA SILVA BRIZOLLA,

Diaconisa EDINARA BRIZOLLA PAES.

Pórtico de Palmeira das Missões

Pórtico de Palmeira das Missões