NOSSA MISSÃO

A Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Palmeira das Missões Ministério de Madureira, tem a missão de fazer a diferença no Reino de Deus em Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul, no Brasil e em outros países do mundo. Pois Nossos objetivos nos levam a sermos uma igreja alicerçada na Palavra de Deus, primando pela salvação das almas, levando o evangelho a toda a criatura, fazendo sempre a vontade de Deus, reconhecendo que o Senhor Jesus Cristo é o Senhor e Salvador de todos nós, para que os homens sejam servos, obedientes e bons dispenseiros da multiforme graça do Senhor. Ministério de Madureira uma igreja feliz! Ministério Anunciação Profética-http://prjoaoamilton.blogspot.com - Contatos: 55.9998.3905, 55.84278599 e 55.9915.8554.

IEADEMMAD

IEADEMMAD
IEADEMMAD

CONAMAD - CONEMAD/RS - CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES - MINISTÉRIO DE MADUREIRA

CONAMAD - CONEMAD/RS - CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES - MINISTÉRIO DE MADUREIRA
NAÇÃO MADUREIRA - MINISTÉRIO DE MADUREIRA - UMA IGREJA FELIZ!

TIMÓTEO - Obreiro Aprovado


Timóteo significa: Honrar a Deus”.

QUEM FOI TIMÓTEO? 
Foi um jovem cheio do Espírito Santo, que morava na cidade asiática de Listra, era filho de uma judia crente chamada Eunice, seu pai não foi nominado, mas que era grego e sua avó chamava-se Lóide (At 16:1). É provável que Timóteo e sua mãe fossem convertidos pela pregação do Apóstolo Paulo durante sua primeira viagem missionária  (At 14).

Quando visitou a cidade de Listra durante a sua segunda viagem missionária, o Apóstolo Paulo ouviu os irmãos falarem do bom astorado de Timóteo. Diante disso, o Apóstolo Paulo resolveu levá-lo consigo, para o trabalho da pregação do evangelho (At 16:2-3). Como o que o pai de Timóteo não era cristão, Paulo logo se tornou como um "pai", não somente carnal, mas espiritual do discípulo. O apóstolo Paulo demonstrou grande respeito, confiança e amor por Timóteo, mencionando seu discípulo com muita afeição em 8 das 13 cartas que escreveu.

Muitas vezes a imagem que fazemos de Timóteo, é a de um jovem fraco e enfermiço, por causa das declarações do Apóstolo Paulo, que disse: "por causa do teu estômago e das tuas freqüentes enfermidades" (1Tm 5.23). Mas era o contrário, já que ele possuía características de um jovem servo, leal ao ministério e amante da obra do senhor.  

Vejamos algumas características desse discípulo: 
1) Timóteo era o braço direito de Paulo: Paulo não o ganhou para Cristo, pois ele era um cristão de terceira geração, pelo que o mencionou assim: Trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em ti.  (2Tm 1.5). Mas o discipulou e confiou em Timóteo na dura experiência de Tessalônica. Quando Paulo por três sábados disputou com os judeus em sua sinagoga, ganhando alguns para Cristo, Timóteo estava com Paulo, conforme esta escrito em Atos: “ E passando por Anfípolis e Apolônia, chegaram a Tessalônica, onde havia uma sinagoga de judeus. E Paulo, como tinha por costume, foi ter com eles; e por três sábados disputou com eles sobre as Escrituras,Expondo e demonstrando que convinha que o Cristo padecesse e ressuscitasse dentre os mortos. E este Jesus, que vos anuncio, dizia ele, é o Cristo.E alguns deles creram, e ajuntaram-se com Paulo e Silas; e também uma grande multidão de gregos religiosos, e não poucas mulheres principais”. (At 17.1-4).  Timóteo foi provado e aprovado pelo Apóstolo Paulo: Mas, mesmo depois de termos antes padecido, e sido agravados em Filipos, como sabeis, tornamo-nos ousados em nosso Deus, para vos falar o evangelho de Deus com grande combate (1Ts 2.2). Esteve também com o Apóstolo Paulo na culto em Atenas: Por isso, não podendo esperar mais, achamos por bem ficar sozinhos em Atenas; E enviamos Timóteo, nosso irmão, e ministro de Deus, e nosso cooperador no evangelho de Cristo, para vos confortar e vos exortar acerca da vossa fé” (1Ts 3.1-2) e acabou sendo uma figura respeitada no seio da Igreja. 

2) O apóstolo o enviou em missões especiais: ”E enviamos Timóteo, nosso irmão, e ministro de Deus, e nosso cooperador no evangelho de Cristo, para vos confortar e vos exortar acerca da vossa fé (1Ts 3.2) e conforme: “Por esta causa vos mandei Timóteo, que é meu filho amado, e fiel no Senhor, o qual vos lembrará os meus caminhos em Cristo, como por toda a parte ensino em cada igreja” (1Co 4.17). 

3) Foi companheiro do Apóstolo Paulo em viagens missionárias, como relatos em At 20.4: “E acompanhou-o, até à Ásia, Sópater, de Beréia, e, dos de Tessalônica, Aristarco, e Segundo, e Gaio de Derbe, e Timóteo, e, dos da Ásia, Tíquico e Trófimo”. 

4) Num momento crítico da vida do grande apóstolo Paulo, na prisão em Roma, Timóteo esteve com ele. As cartas chamadas de "epístolas da prisão" mostram isso:

- Paulo, prisioneiro de Jesus Cristo, e o irmão Timóteo, ao amado Filemom, nosso cooperador” (Fm 1); 

- “Paulo e Timóteo, servos de Jesus Cristo, a todos os santos em Cristo Jesus, que estão em Filipos, com os bispos e diáconos” (Fl 1.1);

- “E espero no Senhor Jesus que em breve vos mandarei Timóteo, para que também eu esteja de bom ânimo, sabendo dos vossos negócios.Porque a ninguém tenho de igual sentimento, que sinceramente cuide do vosso estado;Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus.Mas bem sabeis qual a sua experiência, e que serviu comigo no evangelho, como filho ao pai.De sorte que espero vo-lo enviar logo que tenha provido a meus negócios.Mas confio no Senhor, que também eu mesmo em breve irei ter convosco” (Fl 2.19-24); 

- “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo” (Cl 1.1).  

5) Timóteo também esteve preso, como nos mostra o autor de Hebreus: Sabei que já está solto o irmão Timóteo, com o qual, se ele vier depressa, vos verei” (Hb 13.23). Timóteo era um servo engajado na obra do Senhor Jesus. 

6) Timóteo tinha uma missão, uma posição de responsabilidade ou quase gerenciamento dos pastores que liderava, missão recebida do Apóstolo Paulo, mas confiada por Deus: Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina; Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário.Não aceites acusação contra o presbítero, senão com duas ou três testemunhas.Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor.Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo por parcialidade. A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro” (1Timóteo 5.17-22). 

7) Paulo o cita em oito das suas cartas, escreveu-lhe pelo menos duas que a nós são muito úteis e por isso, o tinha em alta estima: A Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia, e paz da parte de Deus Pai, e da de Cristo Jesus, Senhor nosso” (2Tm 1.2).  

8) Timóteo, como discípulo fiel, de igual modo, estimava o Apóstolo Paulo: “Desejando muito ver-te, lembrando-me das tuas lágrimas, para me encher de gozo” (2Tm 1.4). 

CARACTERÍSTICAS ESPECIAIS DE TIMÓTEO
 1) A FÉ NÃO FINGIDA É COMPROMISSADA E NÃO INTERESSEIRA. A vida de Timóteo é de compromisso e de serviço. Uma fé autêntica, não fingida, mas serviu com desprendimento. Arriscou a própria vida. Sua fé que subsistiu a crises e enfermidades. Obteve vantagens espirituais, e alcançou suas metas. Gastou-se na obra de Deus, sim, essa foi a principal marca de Timóteo. 

2) NÃO SE DESINCUMBIA DAS TAREFAS QUE LHE ERAM CONFIADAS. Ser grande não era sua meta. Ser fiel e obediente foi sua principal convicção. 

3) ACEITA SOFRER PELO EVANGELHO - Jesus disse: E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me” (Lc 9.23). Timóteo também provou a cadeia pessoalmente. Conforme relatos de Atos dos Apóstolos (onde foram presos, açoitados e soltos) por serem achados dignos de sofrer por amor a Cristo, e isso demonstrado como honra o sofrer por Cristo: Retiraram-se, pois, da presença do conselho, regozijando-se de terem sido julgados dignos de padecer afronta pelo nome de Jesus” (At 5.41). Não se diz "bem-aventurados os que sempre triunfam", mas "bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça" (Mt 5.10). 

4) NÃO ERA AUTO-SUFICIENTE, mas aceitou orientação para crescer. Há muita gente que já sabe tudo, ou pelo mesmo acha isso. Timóteo aceitou as orientações de Paulo e aceitava ser comandado como fiel discípulo, compreendendo as verdades de Deus. 

5) ATUAVA NO CORPO No momento crítico de Paulo, Timóteo estava com ele. “CHORAR COM OS QUE CHORAM”. 

6) CARÁTER PROVADO E APROVADO: "Sabei que provas deu ele de si". A igreja de Filipos sabia o que o Apóstolo Paulo estava falando. Ele não entra em detalhes sobre estas provas mas, sem dúvida, era seu testemunho da absoluta integridade de caráter do Pastor Timóteo, seu filho na fé e companheiro na obra do Senhor. Timóteo é apresentado por Paulo como "fiel no Senhor", quando enviado à igreja de Corinto: Por esta causa vos mandei Timóteo, que é meu filho amado, e fiel no Senhor, o qual vos lembrará os meus caminhos em Cristo, como por toda a parte ensino em cada igreja” (I Cor. 4:17). 

O CONSELHO DE PAULO
2 Timóteo 4:2, lemos: “Prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina”.

A seriedade que Paulo coloca no desafio a Timóteo é tanta, que ele chama como testemunha, às sua palavras, a pessoa de Deus e a Cristo Jesus: Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo por parcialidade” (1 Timóteo 5:21). 

1. Prega a Palavra: Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” ( Mt 28:19-20); 

“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” (Mc 16:15); 

“E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém” (Lc 24:47). 
2. Insta... (INSISTIR) - Sua missão traz em si o sentido de urgência. Timóteo não podia desanimar, nem arranjar desculpas para se desviar de seu serviço na casa do Senhor. A missão deveria estar tão presente na vida de Timóteo que se situaria acima de suas próprias conveniências, ou seja, nas ocasiões oportunas ou não (“Em tempo, e fora de tempo”), quando as circunstâncias fossem favoráveis, ou não.

3. Corrige...(Emendar-se, reformar-se, Melhorar) – É o processo de santificação do servo, na busca, na entrega, no pedir perdão ao Senhor pelos seus erros, na procura de aperfeiçoar-se na palavra, na obra, no serviço, no fazer sempre melhor.

4. Repreende... (Chamar a atenção, advertir) – Para repreender primeiro era necessário saber a diferença do SANTO e PROFANO. Necessário era não estar em acordo com o pecado, com o mundo. Negar uma atitude fora do espírito é repreender a carne, é repelir o mal. Para tal seria necessário, também, que tivéssemos uma clara visão do certo e do errado, procurando a orientação que o Espírito Santo nos concede, à luz da palavra e da revelação de Deus.

5. Exorta (Procurar convencer por meio de palavras. Aconselhar, Animar, encorajar) - Exortar traz em si a ideia de aconselhamento, de gentil persuasão. Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus” (2 Co 1:4). É a necessidade de atuarmos no corpo, quando identificamos uma situação que é necessária uma palavra, um conselho, um conforto a alguém. Ao contrário de tomarmos uma atitude distanciada, fria e asséptica, com relação aos irmãos (trabalho dos jovens com idosos e enfermos).

O PORQUÊ DO CONSELHO
Entendemos que Timóteo iria “fazer a obra de um evangelista”, assim, Paulo antecipa as características das pessoas que ele iria encontrar na realização desta obra. “Em 2 Timóteo 4:3, vemos quais são as características dessas pessoas:
“Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres, segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas”. As características são, portanto :

1. O abandono da doutrina: Deixarão levar por ventos de doutrina, pela inconstância.

2. A procura de novos mestres: Tendo demonstrado o desprezo pela doutrina verdadeira, procuram quem os ensine, procuram outras referências.

3. Satisfação Material: Procuram satisfazer não as necessidades espirituais. Almejam não a correção de Deus, mas os caminhos segundo os seus próprios desejos. Procuram ouvir só o que querem.

4. Comichão nos ouvidos (Inquietação – Não sabem esperar senhor): Vividamente descrita por Paulo como sendo a sensação que acomete uma pessoa quando está com “coceira no ouvido”, ou seja: irrequieta, sem a possibilidade de “matar a vontade de coçar”; sempre impaciente e gerando insatisfação nos companheiros.

5. Recusarão dar ouvidos à Verdade: Diferente do “abandono da doutrina” – Além daquele que não quer conhecer o Senhor, também aquele que não que ouvir a revelação do Senhor (A correção). Estarão se aprofundando cada dia mais no erro.

6. A rendição às fábulas (Mentiras – Religiosidade): Quando não se dá ouvido à revelação, o que se desenvolve em nós é a razão (O mundo apresenta o pecado de uma forma tão bela que alguns até desejam comete-lo – É a mentira contada de uma forma bonitinha). Na medida em que estamos cheios de razão, frágeis ficamos às mentiras apresentadas pelo mundo, aos liberalismos, às opressões fantasiadas de coisinhas “sem perigo” – as rapozinhas. Serão presa fácil de toda sorte de histórias (copos de água, pentes santos, festas pagãs, reencarnação, etc).

A RECOMENDAÇÃO DE PAULO A TIMÓTEO
“Tu, Porém, Sê Sóbrio Em Todas As Cousas...”: Paulo, tendo demonstrado as características daqueles que eram infiéis à verdade, procura traçar o contraste com o que esperava de Timóteo

FIDELIDADE (Semelhança entre o original e a cópia) : Ser fiel à revelação, conforme Paulo já havia instruído Timóteo, em 2 Timóteo 1:13: “Mantém o padrão das sãs palavras que de mim ouviste com fé e com o amor que está em Cristo Jesus.”
SÊ SÓBRIO (Moderado, simples, equilibrado = Efésios 5:18): Ser sóbrio é não ser inconstante. A falta de sobriedade é evidente quando um servo tem o aspecto de um homem mundano, deformado. Sobriedade é a capacidade de suportar as aflições e cumprir totalmente a missão.

A PROMESSA
Timóteo, em 2 Tm. 2:11-13: “Fiel é a Palavra: se já morremos com ele, também viveremos com ele; se perseveramos, também com ele reinaremos; se o negarmos, ele por sua vez nos negará; se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo”. 

OBREIRO DE VALOR
 "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (2Tm 2.15).

Timóteo foi um homem comprometido com a verdade, embora as Escrituras relatem que era um jovem cheio do Espírito Santo, era ao mesmo tempo cheio de curiosidades, de sonhos, gostava de discussões acerca da Palavra de Deus, de genealogias, mas o fundamento de tudo isso é que o Apóstolo Paulo o afirmou como um homem prudente, sábio e como obreiro, aprovado por Deus.

Precisamos ser aprovados por Deus, de não termos de que se envergonhar diante das cricunstancias de que a vida nos coloca. O inimigo de Deus procura atrapalhar toda a boa obra e desempenho de homens que se doam as verdades bíblicas, que pregam a verdade em meio a tantas tribulações, perseguições e armadilhas que Satanás coloca no caminho de todo aquele que se dispõe a trabalhar na Obra de Deus. Timóteo, assim como o Apóstolo Paulo e tantos homens que a Bíblia referencia, foram homens que não mediram esforços, passando por prisões, perseguições e castigos corporais, sofrendo tudo isso, em nome da verdade da Palavra de Deus. Precisamos nos levantar nesses últimos dias como verdadeiros atalaias de Cristo Jesus para combatermos as inverdades de pessoas que não tem temor de Deus e inventam subterfúgios diabólicos para implantar seus maus intentos. Timóteo amou a verdade e morreu em defesa daquilo que cria e que era verdadeiro. Com o Apóstolo Paulo seu martírio não foi diferente. Por fim, saliento que precisamos aceitar todos os conselhos de Paulo a Timóteo e trazer para o nosso dia a dia, dentro de nossos corações, casas, igrejas e em todos os lugares que for possível pregar as verdades de Jesus Cristo, o qual se nos deu em troca de nosso sofrimento, nos legando ainda a salvação eterna.

Deus os abençõe em Cristo Jesus Nosso Salvador, o qual dará a cada um a sua recompensa e coroa a todos aqueles que por Ele sofreram ou sofrem as tribulações de ser um homem ou mulher fiel a Deus.

Pastor João Amilton.

Templo Sede

Templo Sede
Avenida Independência, 1999, Centro, Palmeira das Missões

Congregação Bairro Mutirão

Congregação Bairro Mutirão
Avenida José Firmino Vilande, 274, Bairro Mutirão, Palmeira das Missões

Congregação de Santo Augusto

Congregação de Santo Augusto
Rua Nonô Prates, 43, Bairro Santa Fé, Santo Augusto

Congregação de São Valério do Sul

Congregação de São Valério do Sul
Avenida Ery Lucas, 420, Centro, São Valério do Sul

Congregação de Boa Vista das Missões

Congregação de Boa Vista das Missões
Rua Fortaleza, 260, centro de Boa Vista das Missões

Congregação Frederico Westphalen

Congregação Frederico Westphalen
Rua 137, sn, Bairro Distrito Industrial, Frederico Westphalen, RS

DIRETORIA DO CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES - ANO 2017

CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES - DIRETORIA

PRESIDÊNCIA
Pastor
JOÃO AMILTON DE ANUNCIAÇÃO.

VICE-PRESIDÊNCIA
Primeiro Vice-Presidente, Pastor ADEMIR ROSA DOS SANTOS;
Segundo Vice-Presidente, Pastor JORGE MOREIRA.

SECRETARIA
Primeira Secretária, Diaconisa LUMA OLIVEIRA DA ROCHA TEIXEIRA;
Segundo Secretário, Diácono MATHEUS TEIXEIRA.

TESOURARIA
Primeira Tesoureira, Missionária
ROSIMARI OLIVEIRA DA ROCHA;
Segunda Tesoureira, Missionária
MÁRCIA REGINA DOS SANTOS TEIXEIRA.

CONSELHEIROS FISCAIS
Pastora MARTHA VALÉRIA LOPES CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO;
Evangelista ALISSON DOS SANTOS;
Diácono PAULO ROBERTO DA SILVA MEDEIROS.


CONGREGAÇÕES - PASTORES DIRIGENTES
PALMEIRA DAS MISSÕES - BAIRRO MUTIRÃO
Pastor ADEMIR ROSA DOS SANTOS.

CONGREGAÇÃO DE SANTO AUGUSTO
Evangelista FÁBIO ROMERO DA SILVA.

CONGREGAÇÃO SÃO VALÉRIO DO SUL
Evangelista JACOB VANDERLEI PORTOLAN.

CONGREGAÇÃO DE BOA VISTA DAS MISSÕES
Evangelista SEBASTIÃO IBANÊZ AIRES DA SILVA

CONGREGAÇÃO FREDERICO WESTPHLEN
Pastor em Ofício Presbítero PAULO RENATO PRESTES


CÍRCULO DE ORAÇÃO - OBREIRAS DIRIGENTES
PALMEIRA DAS MISSÕES - SEDE
Dirigente, Missionária MÁRCIA REGINA DOS SANTOS TEIXEIRA;
Missionária ROSIMARI OLIVEIRA DA ROCHA;
Diaconisa HELGA SCHOKAL LENCINA;
Diaconisa CLEUSA DE OLIVEIRA DE MEDEIROS.

CONGREGAÇÃO BAIRRO MUTIRÃO
Dirigente, Diaconisa CRISTINA FERGUTZ DO AMARAL;
Auxiliar, Cooperadora MÁRCIA MENEGAZZO DO AMARAL.

CONGREGAÇÃO SANTO AUGUSTO
Dirigente, Missionária CECÍLIA TEREZINHA DO AMARAL MOREIRA;
Diaconisa EVA DE ALMEIDA JONES.

CONGREGAÇÃO SÃO VALÉRIO DO SUL
Missionária ÂNGELA ROSANE PORTOLAN;
Diaconisa DELOCI DE FÁTIMA DOS SANTOS PEDROSO.

CONGREGAÇÃO BOA VISTA DAS MISSÕES
Dirigente, Diaconisa ADRIANA CAMPANOGARO DA SILVA.

CONGREGAÇÃO FREDERICO WESTPHALEN
Dirigente, Diaconisa MARINES BRIZOLLA PRESTES.

RELAÇÃO DE OBREIROS - 2017

RELAÇÃO DOS OBREIROS DO CAMPO - 2017

Relação dos Obreiros e Obreiras para o ano de 2017, da Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Palmeira das Missões Ministério de Madureira, sito na Avenida Independência, 1999, centro da cidade de Palmeira das Missões, CAMPO DE PALMEIRA DAS MISSÕES, conforme a seguir relacionados:­

001 - PALMEIRA DAS MISSÕES – SEDE:

Pastor Presidente JOÃO AMILTON DE ANUNCIAÇÃO,

Pastora MARTHA VALÉRIA LOPES CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO,

Evangelista ALISSON DOS SANTOS,

Missionária ROSIMARI OLIVEIRA DA ROCHA,

Missionária MÁRCIA REGINA DOS SANTOS TEIXEIRA,

Presbítero ABEL MARTINS MATTOS,

Presbítero MOISÉS MENDES BATALHA,

Diácono PAULO ROBERTO DA SILVA MEDEIROS,

Diácono GUSTAVO CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO,

Diácono MATHEUS TEIXEIRA,

Diácono JOEL DA SILVA OLIVEIRA

Diaconisa DAIR VITÓRIA TEIXEIRA,

Diaconisa LUMA OLIVEIRA DA ROCHA TEIXEIRA,

Diaconisa HELGA SCHOKAL LENCINA,

Diaconisa TATIANE OLIVEIRA DOS SANTOS,

Diaconisa ODILA STEPHANINI BATALHA,

Diaconisa CLEUSA DE OLIVEIRA MEDEIROS,

Diaconisa OLINTA ROZANI NIEDERAUER GUTLER,

Diaconisa NADINE OLIVEIRA DA ROCHA,

Cooperador GUILHERME CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO,

Cooperador GABRIEL CABREIRA DE ANUNCIAÇÃO,

Cooperador MURILO OLIVEIRA DA ROCHA,

ELCY MULLER FRANCO.

002 - PALMEIRA DAS MISSÕES – BAIRRO MUTIRÃO:

Pastor ADEMIR ROSA DOS SANTOS,

Missionária ELISÂNGELA DO NASCIMENTO DOS SANTOS,

Presbítero EVANDRO DA SILVA AMARAL,

Diaconisa CRISTINA FERGUTZ DO AMARAL,

Cooperadora MARCIA MENEGAZZO DO AMARAL.

003 - SANTO AUGUSTO - CONGREGAÇÃO

Pastor JORGE MOREIRA,

Missionária CECÍLIA TERESINHA DO AMARAL MOREIRA,

Evangelista FÁBIO ROMERO DA SILVA,

Evangelista GILMAR KOWALSKI,

Presbítero VILSON PICCO,

Diácono MENDES MARTINS COIMBRA,

Diácono VIVALDO ANDRÉ DAMIÃO,

Diaconisa MARISA CRISTINA MOREIRA DA SILVA,

Diaconisa ROSIMARI CAMARGO PICCO,

Diaconisa NEUSA ROSANE CAVALHEIRO,

Diaconisa TEREZINHA KOWALSKI,

Cooperador GERSON DOMINGOS ALBINO MANOEL.

004 - SÃO VALÉRIO DO SUL - CONGREGAÇÃO

Evangelista JACOB VANDERLEI PORTOLAN,

Missionária ÂNGELA ROSANE PORTOLAN,

Presbítero EVANDRO PEDROSO,

Diaconisa DELOCI DE FÁTIMA DOS SANTOS PEDROSO.

005- BOA VISTA DAS MISSÕES - CONGREGAÇÃO

Evangelista SEBASTIÃO IBANÊZ AIRES DA SILVA,

Diaconisa ADRIANA CAMPANOGARO AIRES DA SILVA.

006 - FREDERICO WESTPHALEN - CONGREGAÇÃO

Presbítero PAULO RENATO PRESTES,

Diaconisa MARINÊS DA SILVA BRIZOLLA,

Diaconisa EDINARA BRIZOLLA PAES.

Pórtico de Palmeira das Missões

Pórtico de Palmeira das Missões